Consciarte by Berlitz

Cultura, Consciência e Arte

TODO DIA ERA DIA DE ÍNDIO

De um post do blog da Cristina Almeida (Um Vírus Chamado Felicidade) puxei pela memória algumas histórias boas e felizes. E surgiu a vontade de relatar uma passagem destas. Como pincela lá no post, pensei em meu amigo índio Ulmirathê Uaryken. Brasileiro, descendente do povo natal da Terra Brasilis, amante da natureza. Meu amigo era mesmo incapaz de destruir (e poluir) o rio, o céu, a água e o mar.

ULMIRATHY UARYKEN 1

O tempo passa, as discussões sobre as mudanças climáticas ganham cada vez mais força e importância. Nesta Conferência Mundial sobre Mudanças Climáticas pouca citação e é quase nulo, se não totalmente, o poder decisório dos povos indígenas. Na verdade, estão discutindo que tem razão, quem sairá ganhando, comercializando, vendendo mais. Força e poder nas negociações para saber quem reduz x ou y %. A serem cumpridas? Duvido. É muito blá, blá, blá e pouca ação. Bastaria olhar um pouco o passado e tentar reconhecer a sabedoria dos ÍNDIOS.

E aí cai bem na lembrança a música “Um Sonho”, de Gilberto Gil. Parece a síntese do que se vê hoje em conferências e tais. E que se verá ainda por muitos anos.

Música UM SONHO (Gilberto Gil, 1991, Parabolicamará):

Música

Letra

TODO DA ERA DIA DE ÍNDIO – JORGE BEN JOR E BABY CONSUELO

ÍNDIOS – LEGIÃO URBANA

 

UM ÍNDIO – CAETANO VELOSO

 

Glossário sobre Aquicimento Global

Copenhague COP15

Anúncios

dezembro 13, 2009 - Posted by | Uncategorized

6 Comentários »

  1. Gostei muito de seu post. E ouvir as canções. Estou lendo a Veja sobre a Conferencia. Ainda temos tanto o que fazer… é lento, não é mesmo?!

    Comentário por Sissym | dezembro 14, 2009 | Responder

  2. Berlitz,

    Muito boa a lembrança dos povos indígenas, decidimos nós os invasores em seu nome, algo que a eles não perguntamos o que querem.

    Fico ainda mais preocupado, quando estas “ONGs” de ecologia, tais como: Greenpeace,WWF, vem aqui nos dizer o que devemos ou não fazermos, fazer seus relatórios sobre nós sem entender como vivemos. A maioria deles nunca viu a floresta amazônica, assim como muitos de nós que vivemos em SP, e falamos de destruição sem conhecimento de causa.

    Nestes últimos dois anos fui algumas vezes a região e para minha surpresa NÃO existe esta destruição em massa como se apregoa aqu.

    Arnobio

    Comentário por Arnobio Rocha | dezembro 14, 2009 | Responder

  3. Realmente é um sonho.

    Essas conferencias, debates, cupulas e o que mais inventam nunca dá resultado. Principalmente quando reunem líderes políticos que só pensam no próprio umbigo.
    Espero que acordem porque a situação se agrava a cada dia que passa!!!
    òtimo post!!

    Um abraço

    Antenor Thomé

    Comentário por Antenor Thomé | dezembro 14, 2009 | Responder

  4. POis é, Berlitz, muito discurso para pouca prática. As musicas foram bem lembradas. Abs

    Comentário por Erika Baruco | dezembro 14, 2009 | Responder

  5. Bem lembrado Berlitz. Belo post! Parabéns pelo blog! Abraço.

    Comentário por vivimacedo | dezembro 16, 2009 | Responder

  6. Belo post.Eu acho que o Lula tá dando tanta terra para os ìndios que eles serão dizimados.Por viver na solidão…hehehe

    Comentário por Marcos Amorim | dezembro 17, 2009 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: