Consciarte by Berlitz

Cultura, Consciência e Arte

Taí! Abre Alas para o Carnaval

Carnaval: uma festa pagã, com todo conhecimento religioso, filosófico e

com uma grande forcinha da astronomia

“Taí” (Joubert de Carvalho)

 

 

A igreja Católica determina a data da Páscoa (ressurreição de Jesus Cristo) através de cálculos “quase” mirabolantes. Mas tanto a Páscoa Cristã quanto a Judaica têm seus calendários baseados nas fases da Lua. A Páscoa é determinada em razão do primeiro domingo após a lua cheia que seguir o equinócio (posição do Sol que marca o começo da Primavera) no hemisfério Norte. Pelos cálculos, mais ou menos próximo ao dia 21 de março. No hemisfério Sul, equinócio de Outono, que também começa por volta da mesma data. Mas, em virtude de cálculos “quase” mirabolantes, a Páscoa pode variar entre 22 de março e 25 de abril. E o Carnaval também, obedecendo a regra de sete domingos antes da data Cristã.

Seguindo a regra acima, e precedendo a quaresma, estamos fadados aos atos carnavalescos. Que já foi muito melhor. Não por saudosismo. É que as pessoas eram melhores mesmo. A tecnologia avançou muito, os recursos em diversas áreas do conhecimento são extremamente favoráveis ao desenvolvimento humano. Mas ao ver de perto (e ninguém é normal), parece que o Ser Humano realmente estagnou. E não evolui. Sim, evolução, quando muito, só na Sapucaí.

Voltando ao Carnaval. A grande festa “popular” era o Entrudo, uma tradição portuguesa, copiada ou adquirida das ilhas de Cabo Verde e da Madeira. No Brasil, a folia foi introduzida em meados do século XVI, muito embora não se limitasse às classes populares: D. Pedro I e o filho D. Pedro II foram adeptos do Entrudo. Naquela época, no entanto, a brincadeira era silenciosa, pois não havia música no contexto “carnavalesco”, oras pois, o Entrudo. Foto > Entrudo

Mais tarde, por volta de 1872, surgem os ranchos carnavalescos, que de fato eram mais populares. Neste período ocorreu a introdução da música no Carnaval, e ficou então muito mais brasileiro. A primeira música feita no Brasil para animar o Carnaval foi Ó Abre Alas, composta por Chiquinha Gonzaga (Francisca Hedwiges de Lima Neves Gonzaga), em 1899.

chiquinha1

No início do Século XX, alguns dos melhores mestres da Música Popular Brasileira de todos os tempos – “Nunca antes neste País” – deram continuidade ao espetacular trabalho de Chiquinha Gonzaga. Entre eles, Sinhô, apontado como o "Rei do Samba", Ary Barroso, Lamartine Babo, Noel Rosa, João de Barro (Braguinha), Haroldo Lobo, João Roberto Kelly. E Joubert de Carvalho, autor de "Pra você gostar de mim", popularmente conhecida como “Taí”, composição feita especialmente para Carmem Miranda.

Se tivesse um roteiro, a primeira cena musical de qualquer carnaval começaria com “Ó Abre Alas” (Chiquinha Gonzaga). A trilha sonora teria ainda “Taí” (Joubert de Carvalho), “O teu cabelo não Nega” (Irmãos Valença/Lamartine Babo), “Pierrot Apaixonado” (Heitor dos Prazeres/Noel Rosa), “As Pastorinhas” (Braguinha/Noel Rosa), “Máscara Negra” (Pereira Matos/Zé Ketti), "Jardineira" (Humberto Porto/Benedito Lacerda) e “Bandeira Branca” (Sidney Miller/Paulo Thiago) . Para encerrar, Tristeza (Niltinho/Haroldo Lobo).

“Ó Abre Alas” (Chiquinha Gonzaga)

“O teu cabelo não Nega” (Irmãos Valença/Lamartine Babo)

“Pierrot Apaixonado” (Heitor dos Prazeres/Noel Rosa)

“As Pastorinhas” (Braguinha/Noel Rosa)

“Máscara Negra” (Pereira Matos/Zé Ketti)

"Jardineira" (Humberto Porto/Benedito Lacerda)

Bandeira Branca (Sidney Miller/Paulo Thiago)

Tristeza (Niltinho/Haroldo Lobo)

Anúncios

março 5, 2011 - Posted by | Uncategorized | , , , , , , , , , , , ,

1 Comentário »

  1. Ah Ricardo, que bela lição sobre o Carnaval! E que delícia conhecer cada uma das canções postadas! Me vi vestida de havaiana juvenil, igualzinha às minhas primas, indo para a matinê do domingo! Agora que a terça feira chegou, completo sua seleção com as saideiras com uma canção que responde as suas intuições do momento…

    Abraço carnavalesco!
    C

    Comentário por cristinalmeida | março 8, 2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: